[RESENHA BOOK TOUR] Spettacolo - Rafaela Papini

Hey, pessoas!

Sei que o blog anda um pouco parado, e peço desculpas por isso. Mas o penúltimo semestre da faculdade está realmente pesado, e eu não tô com muito tempo livre nem sequer para atualizar as leituras. A resenha de hoje, porém, é de um dos livros que li nesse período conturbado, e que me conquistou completa e irreversivelmente. Respeitável público, com vocês Spettacolo, da autora (e talentosíssima) Rafaela Papini!

Spettacolo

TÍTULO: Spettacolo
AUTOR: Rafaela Papini
EDITORA: Arwen
NÚMERO DE PÁGINAS: 327 páginas
SINOPSE: De um lado temos a história de Hiram, um misterioso e sedutor artista de circo que se apresenta fazendo shows com fogo. De outro, a história de Maria Luisa, uma moça insegura, levando uma vida monótona em uma cidade pequena do interior. Ele possui segredos de um passado doloroso que desvenda com a ajuda de uma fotografia rasgada e o diário de sua mãe, morta no incêndio ocorrido durante o show de mágica quando ainda era criança. Ela sofre com uma mãe distante e um namorado indiferente, entediada com sua vida dolorosamente comum. Eles levam vidas completamente diferentes, mas, de alguma forma, o destino os cruza durante um espetáculo em que Hiram é hipnotizado por um par de olhos azuis que o fitava, admirado, na plateia. Em meio a encontros e desencontros, seus estilos de vida serão postos à prova, fazendo-os encarar seus piores pesadelos e repensar tudo aquilo em que acreditavam na tentativa de viver esse grande amor.

    

Como todos que acompanham o blog sabem, eu não sou a maior fã de romances do mundo. Mas quando a Rafa anunciou o Book Tour deste livro lá no grupo de parceiros eu não pensei duas vezes antes de me inscrever. Já havia participado das primeiras impressões do livro, e tinha me apaixonado perdidamente pela história. Agora, depois da leitura completa e concluída, posso garantir: a Rafinha fez eu amar romances!

A história de Spettacolo gira em torno de Malu, uma garota meiga, doce e ingênua, porém extremamente batalhadora, e Hiram, um artista circense de fazer qualquer garota perder a cabeça. Desde que Hiram pousou os olhos nas profundezas azuis do olhar de Malu, sua vida mudou completamente; Malu, por sua vez, desde a primeira apresentação de Hiram no circo ficou extasiada e fascinada por todo aquele poder que emanava dele e que a contagiava de alguma forma. O mundo dos dois, porém, é totalmente oposto, e eles precisarão lutar para viver este sentimento bonito que acabou surgindo. Hiram precisará lidar com suas dúvidas e conflitos,e Malu deverá enfrentar os maiores desafios de sua vida até então. Será que o que eles sentem um pelo outro será suficiente para ultrapassar todos os obstáculos que se colocarão entre os dois?

Quero começar essa resenha declarando meu amor explícito pelo cenário deste livro. O universo circense sempre esteve no meu imaginário como algo mágico e infinito e é exatamente assim que a Rafa o transporta para suas páginas. O modo como ela o descreve nos faz sentir lá dentro daquela tenda gigante, vendo todos aqueles números incríveis, extasiados e fascinados pelo espetáculo como um todo. É impossível não se pegar imaginando vividamente todas as cenas, todos os movimentos, impossível não reagir como reagiríamos se estivéssemos mesmo lá, com aquele pessoal sortudo que assiste às apresentações. A boca se abre, o suspiro solta-se automaticamente, as mãos são levadas à boca a cada manobra arriscada e os olhos brilham, mesmo estando fora de todo o ambiente. A Rafa nos leva para o Spettacolo, e eu preciso agradecer imensamente por essa honra.

Malu é uma personagem real, até demais. Ela tem problemas, qualidades, defeitos, medos e sonhos, e tudo isso torna fácil a nossa aproximação. Eu me identifiquei com a protagonista logo de cara, e isso me fez querer ir ainda mais fundo nesse conhecer, era como se estivéssemos lado a lado, trocando experiências e conselhos. Batalhadora, doce, ingênua e com sérios problemas de auto-estima, Malu é uma garota como eu, como você, que corre todos os dias atrás daquilo que quer, apesar de muitas vezes sentir-se solitária. Acabei me apegando à personagem, e sei que agora eu vou sentir um pedacinho de mim indo embora com ela. Mas Malu ficará marcada em mim também, deixando um pouquinho dela e de tudo que me ensinou nessas poucas páginas.

Hiram é um cara incrivelmente sexy, descolado, bonito e atraente. Mas ele é muito mais do que isso. É corajoso, persistente, dedicado ao circo e leal aos seus companheiros circenses. Ele é um lutador: sabe o que quer, e vai atrás disso, custe o que custar. Coloca sua cara a tapas pelos seus ideais e é admirável em todos os sentidos. Um acontecimento do passado o transforma em alguém um tanto melancólico, e questões para os quais ele ainda não tem resposta acabam povoando sua mente e deixando-a confusa.

O casal do livro é a coisa mais fofa desse universo. O modo como eles se aproximam, discreta e lentamente, como vão conhecendo a vida e a personalidade de cada um, como vão se envolvendo aos poucos, mas sem previsão de volta, tudo isso é apaixonante de uma forma única. O mais legal de todo o relacionamento dos dois é que a Rafa conseguiu deixá-lo bem próximo da nossa realidade, ao mesmo tempo que insere nele elementos clichês que tornam tudo ainda mais romântico. Eu adorei cada cena do casal, adorei a forma como eles se tratam, como conhecem e respeitam um ao outro, como cuidam-se mutuamente. 

Kátia é uma das personagens que mais gostei no livro. Ela é a melhor amiga de Malu e é o oposto da menina. Descolada, decidida e cheia de personalidade, Kátia sabe o poder que tem e não tem medo de divertir-se com ele. Ela é forte, animada, divertida e fiel a Malu como uma amiga deve ser. A ligação entre as duas é muito forte, e é emocionante ver a forma como elas se protegem e se conhecem. Tiago, melhor amiga de Hiram e palhaço do circo, é bastante parecido com Kátia, com a diferença de que carrega consigo uma amarga lembrança da família, que precisou deixar para seguir seu verdadeiro desejo circense. Arthuro foi um personagem extremamente enigmático até certa parte do livro, e eu adorei o final que a Rafa deu a ele e a sua história. Num primeiro momento, ele é um homem rude, insensível e que se importa apenas com o lucro que seu circo traz. Conforme o livro avança, porém, conseguimos conhecer um pouco mais dele e percebemos o quanto ele esconde de seus próprios sentimentos, e o porquê desse muro defensivo entre ele e seu verdadeiro eu.

O modo de escrever da Rafa é gostoso e envolvente. Utilizando uma linguagem leve e direta, ela vai nos levando a querer ler mais e mais páginas a todo momento, e fica difícil largar o livro antes de chegar ao final. As palavras são de fácil compreensão, mas em várias passagens do texto eu percebi uma certa poesia, que torna tudo bonito e significativo. Rafa consegue despertar tudo com este livro: emoção, tristeza, agonia, suspense, diversão e muita, mas muita paixão. Acho que esse é o verdadeiro propósito da literatura: despertar sentimentos variados e marcantes em nós, e nesse sentido, Spettacolo é um prato cheio e intenso.

A diagramação da editora é um show à parte. Tudo está lindo, desde a capa até a paginação. Não encontrei erros de revisão e fiquei apaixonada por cada detalhe interno do livro. É a partir deles que percebemos o esforço e o amor que a editora dedica não só às publicações, mas ao seus leitores também. E posso assegurar com firmeza que a Arwen é uma empresa série e comprometida com a literatura e com o público em si.

Para encerrar essa resenha quero mais uma vez agradecer a Rafinha. Não só por nos presentear com essa história comovente e apaixonante, mas também por me dar a oportunidade de mergulhar nesse universo encantado e fascinante do circo. Spettacolo foi uma leitura leve, prazerosa e que eu levarei por muito tempo na memória e no coração, e creio sem dúvidas de que, se vocês derem uma chance ao livro, ele também se tornará especial em suas vidas e em sua trajetória como leitor!

Até a próxima postagem! Beijos!

1 comentários: