[RESENHA] Os Mistérios de Warthia (A Profecia de Mídria) - Denise Flaibam

Hey, pessoas!

Como quem acompanha o blog já sabe, a parceria com a Denise foi feita há algum tempo, mas os Correios acabaram atrasando pra me entregar o livro (droga!); porém, ele chegou, eu li e hoje vim contar para vocês o que eu achei dessa história fantástica e viciante!

A Profecia de MídriaTÍTULO: Os Mistérios de Warthia (As Profecias de Mídria) - Livro I
AUTOR: Denise Flaibam
EDITORA: Novo Século
NÚMERO DE PÁGINAS: 392 páginas
SINOPSE: SERAFINE DELAY ERA UMA GAROTA COMUM... À sua maneira. Sua vida na sossegada Vila do Sol muda bruscamente numa noite, quando sua décima oitava primavera era festejada. Um ataque acaba forçando-a a fugir desesperadamente de monstros sanguinários e imbatíveis. Por algum motivo para lá de insano, tais criaturas queriam sequestrá-la! E enquanto mergulha de cabeça no universo mágico de Warthia e começa a entender a ligação de suas marcas com a história daquele mundo, Serafine descobre-se numa surpreendente situação: seu destino está traçado. Uma antiga profecia clama por seu espírito, e uma difícil jornada deve começar. Na companhia de um belo e rude espadachim, uma simpática garota de orelhas pontudas e um felpudo guerreiro belicoso, Serafine deve ingressar numa viagem de perigos desconhecidos, que se inicia no Norte daquele vasto continente, treinando para derrotar àquela que vem das Trevas para tudo devastar. Os Mistérios de Warthia devem ser desvendados, e Serafine é a única capaz de fazê-lo.


"Desvende os mistérios e enfrente as consequências!"

Eu não sei mesmo como começar essa resenha. Conheci o livro Os Mistérios de Warthia através de indicação da autora parceira Mari Scotti, e logo que a Denise abriu vaga para blogs parceiros, não pensei duas vezes antes de me candidatar, afinal, a sinopse já havia me chamado atenção. Qual não foi minha surpresa ao ser aceita na parceria, e então eu fiquei mais ansiosa ainda pela leitura. Confesso que esperava que o livro fosse bom. Mas nunca podia imaginar que me surpreenderia do jeito que conseguiu.

Antes de mais nada, eu preciso parabenizar a autora pelo universo fantástico que ela criou. A Denise é fã de literatura, como diz a descrição dela no livro, e eu posso afirmar que ela também é uma ótima escritora. Warthia é um país, dividido em quatro reinos, correspondentes ao norte, sul, leste e oeste. A capacidade de imaginação da Denise é digna de Tolkien. Digo isso porque, depois de ler O Senhor dos Anéis, o universo onde Serafine vive foi o que mais me encantou no mundo literário. E eu não poderia deixar esse detalhe fundamental passar em branco.

Existem vários pontos positivos que eu preciso destacar, e decidi começar com as primorosas descrições da autora, que, a meu ver, principalmente na literatura fantástica, é um elemento importante e que faz toda a diferença. E a Denise arrasou nesse sentido: a forma como ela caracteriza o ambiente de Warthia tem o poder de te transportar pra dentro da história, como se tu pudesse realmente sentir cada sensação descrita nas palavras. Das brumas do sul às florestas do norte, eu me encantei por cada pedacinho, o cenário foi rigorosamente fixado, e é praticamente palpável para nós, leitores. Conhecemos o universo junto com os personagens, e eu achei isso uma sacada genial da autora.

Por falar em personagens, eles foram extremamente bem construídos. Suas personalidades são distintas entre si, mas muito bem definidas e fortes. A caracterização física de todos eles é incrível, como se Denise fizesse seus personagens saltarem do papel diretamente para a nossa frente. A imaginação do leitor voa junto com cada detalhe que a autora nos dá, e ao final do livro já nos sentimentos íntimos de cada pessoa que conhecemos durante a narrativa. Pessoas, sim, porque pra mim eles foram concretos demais. Me apaixonei por cada um, mas preciso dizer que o Atyubru Gillian ganhou definitivamente meu coração, pela sua coragem, bravura e lealdade sem limites.

Ainda com relação aos personagens, eu gostei muito de um aspecto que a autora soube trabalhar magistralmente: a quantidade deles. Durante todo o livro, somos apresentados aos mesmos personagens, o que possibilita uma aproximação e identificação com cada um deles, e um aprofundamento do caráter e temperamento destes protagonistas. Achei esse limite que Denise colocou fundamental e indispensável para o bom andamento da leitura, porque, ao invés de nos confundir com tantas idas e vindas de personagens durante a narrativa, como já vi em vários livros, Os Mistérios de Warthia faz exatamente o contrário: ele faz a gente se afeiçoar e se apegar a cada um dos que nos são apresentados, nos faz compreendê-los e querer conhecê-los a fundo. Esse foi um dos pontos que eu mais gostei no livro.

O que mais me surpreendeu no decorrer da leitura foi o modo com a autora misturou várias criaturas fantásticas, e fez tudo parecer tão natural. Elfos, ondinas, os fofos Atyubrus, feiticeiras e lobisomens são inseridos na trama, e eles estão realmente ajustados ali, como se fossem feitos para aqueles papéis. Apesar de cada um cumprir uma função dentro da história, todos eles se conectam de alguma forma e acabam se encaixando em algum momento para o fechamento primoroso da narrativa. Isso me encantou e me prendeu de uma forma indescritível a cada página, e eu só consegui largar o livro depois de terminá-lo. Mesmo assim, sinto falta de cada uma das criaturas que conheci, e prevejo que ainda vou sentir um vazio por um bom tempo.

Existe um aspecto que a Denise soube desenvolver bem demais (sim, mais um): o relacionamento entre Serafine e Jareck. A atração entre os dois é visível, e perdura durante toda a história, mas em nenhum momento a autora perdeu o foco central na trama para se deter ao romance. Muito pelo contrário, a afeição dos dois se desenrola aos poucos, e é muito gostoso acompanhar o desabrochar desse sentimento tão puro e verdadeiro. Confesso que eu senti falta de um beijinho, e olha que pra eu dizer isso eu preciso definitivamente amar o casal. E eu já amo Serafine e Jareck. A autora está de parabéns por saber entrar num meio termo, e fazer com que o romance fizesse parte da trama e não o contrário.

Um último aspecto que eu preciso destacar é o desenrolar emocionante que a autora deu à sua história. Todas as cenas são impregnadas de aventura e ação, do início ao fim, e eu adorei isso. É incrível acompanhar todas as reviravoltas da narrativa, e as cenas de confronto são impecáveis. Eu me senti dentro de Tolkien, mais uma vez. Denise, sério, foi demais!

A diagramação do livro está linda! A capa tem um tom de verde escuro que me agrada muito, e a fênix, elemento tão importante na história, está em destaque e em relevo. Os capítulos são separados, e a página do título de cada um deles tem um detalhe também muito ligado à narrativa: um tipo de desenho representando um sol. A letra tem o tamanho ideal para leitura, e eu não encontrei erros de revisão. A editora foi muito feliz na publicação.

Prometi para mim mesma não me alongar demais na resenha, mas foi impossível me controlar. Eu só espero que tenha conseguido passar toda a minha admiração pelo trabalho da autora, e a minha surpresa ao me ver completamente embriagada pela história, tragada pelo universo de Warthia. Recomendo a leitura de olhos fechados, mesmo a aqueles que não curtem a literatura fantástica tanto assim. Os Mistérios de Warthia é muito mais do que ficção: é uma linda lição sobre coragem, força de vontade e amizade. Depois de terminar a leitura, só tenho um pedido a fazer a Denise: lança logo o segundo livro, Dê! rs

Esperando desesperadamente que vocês compartilhem das minhas impressões sobre o livro, termino a resenha por aqui. Aguardo os comentários, hein?

A Denise, eu só tenho a agradecer por ter me apresentado esse mundo mágico e cheio de segredos que eu fiquei morrendo de vontade de desvendar. Assim como Serafine, não vejo a hora de conhecer cada cantinho dos quatro reinos de Warthia, e me embrenhar nessa luta fantástica entre seres poderosos e sobrenaturais. Denise, o livro é incrível e a sua imaginação é ainda mais! Obrigada por me deixar fazer parte desse sonho 

Até a próxima postagem, gente!

Beijos 

4 comentários:

  1. Patrini do céu, eu tô chorando só um pouquinho aqui! Juro que só um pouco. MENTIRA, tô é chorando muito!
    Toda resenha tem a capacidade de me deixar muito emotiva, mas a sua foi uma das que mais mexeu comigo. É sempre gratificante, um orgulho absurdo, na verdade, saber que o livro encantou tanto um leitor ou uma leitora, e ler isso nesse seu texto foi de uma honra sem explicação.
    Prometi um surto, mas nem sei expressar ele! ASKJFABNIGABUOABUASGB
    Fico imensamente contente por Warthia ter te conquistado tanto assim. Construí esse mundo e esses personagens para que pertençam aos meus leitores <3
    Que booom que adorou o Gui! A participação dele nos próximos volumes vai ficar ainda mais especial. E em relação a Serafine e o Jarek, prepara o seu coraçãozinho shipper! Prometo que o livro 2 vai ter uma aproximação lindinha ainda maior entre os dois. O segundo é o meu livro favorito da série por causa da carga emocional, espero que goste muito também!
    Mais uma vez, obrigada por esta resenha incrível. Por ter gostado tanto e por ter mergulhado de cabeça na história. Fiquei muito honrada em dividi-la contigo :')
    Finalmente, muito obrigada pela parceria, que trouxe e ainda vai trazer muita coisa boa pra nós duas! Logo logo você volta pra Warthia, mas, da próxima vez, vai ser lá no grande deserto *-*
    Vou lá comprar uns lencinhos pra secar minhas lágrimas agora!

    Beijos,
    Denise Flaibam.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Denise, querida,
      Não existe forma de eu realmente descrever a sensação que Warthia me causou. O universo me conquistou de um jeito incrível, e quando percebi já estava completamente embriagada nele. I don't leave Warthia rs <3
      Quero muito mais Gillian no próximo livro, quase morri com o que aconteceu com ele nesse hahahaahaha
      E sim, estou shippando forevermente Serafine e Jareck #JARINE <3 rs
      Aguardo super, mega, hiper, ultra ansiosa o próximo volume, e quero ser a primeira a adquirir meu exemplar!
      Mais uma vez, parabéns é pouco para ti! De nota dez, Warthia ganhou 1000!
      Beijos!

      Excluir
  2. Patrini, que resenha fantástica.
    Fiquei aqui roendo as unhas de curiosidade para ler a obra. Esse universo criado pela Denise deve ser realmente incrível e muito bem escrito.
    Ah, não pude deixar de notar o comentário dela. Fico feliz quando uma autora sabe reconhecer.
    Adorei.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista. São 3 ganhadores e você escolhe o livro que deseja ganhar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Desbravadores rs
      Eu adorei o comentário da Denise também, ela é realmente um amor, é muito bom ver pessoas felizes com aquilo que a gente faz com tanto carinho. Obrigada pelos elogios à resenha, eu realmente demorei algum tempo para colocar no papel tudo que eu senti ao ler o livro, Warthia é fantástica!
      Abraços, e voltem sempre, viu?

      Excluir