[TAG] Oscar Literário

Hey, pessoas! 

Muita festa rolando para esperar 2015 em grande estilo? Espero que o Ano Novo chegue cheio de surpresas e alegrias para todos vocês, assim como eu tenho certeza que 2014 foi.


Para comemorar o início de mais um ano, decidi fazer meu próprio Oscar e premiar aqueles livros e personagens inesquecíveis do ano que está chegando ao fim. Não, não existe um prêmio de verdade. Na verdade, o único presente é estar na lista rs A tag Oscar Literário, que eu vi no blog Estante da Rob, consiste em responder a dez categorias, indicando para cada uma o seu queridinho de 2014. Espero sinceramente que vocês gostem! Vamos começar? Que rufem os tambores!



Despertar - Kelley Armstrong

A imagem da capa é muito bem trabalhada e combina super com o livro, mas o que me conquista mesmo nessa capa é o detalhe metalizado que existe em toda a sua extensão. Eu nunca tinha visto nada parecido em livros, e fiquei completamente encantada!



Garotas de Vidro - Laurie Halse Anderson

Eu peguei esse livro, com esse design maravilhoso na capa, e simplesmente achei que ele seria incrível, até por causa do tema do qual ele tratava, que é muito interessante e difícil de se ler em literatura. Mas infelizmente, a forma como a autora construiu a narrativa e os personagens ficou pesada demais pra mim, e eu não consegui me conectar ao livro em momento nenhum.



David Levithan (Todo Dia)


Stacey Jay (Julieta Imortal)

Não consegui escolher apenas um. David tem uma sensibilidade indescritível em suas palavras, e realmente consegue te fazer refletir. Stacey, além de linda, sabe exatamente que palavras usar para te prender num livro do início ao fim. Os dois valem a pena serem conhecidos!



O Menino do Pijama Listrado (John Boyne)

Não é à toa que o filme ganhou uma adaptação cinematográfica. Depois de todas as emoções que o livro nos proporciona, quando pensamos que nada de mais comovente pode acontecer na história, John nos dá um final digno de lágrimas, que é com certeza o ponto alto do livro.




Todo Dia (David Levithan)

Esse foi um dos livros que mais me emocionou durante este ano, e eu coloquei-o neste categoria, porque, além de um romance fofíssimo e irresistível, David nos presenteia neste livro com uma lição de vida fantástica, que com certeza é pra levar pro resto dos nossos dias.



Aprisonada (Lauren Destefano)

Como toda boa distopia, Aprisionada se passa no futuro, e Lauren caprichou na criação de seu universo. Todo o cenário é envolto de mistérios e perigos, e a ambientação é cheia de detalhes que te transportam para dentro daquele mundo.



Ridley Duchannes (Dezesseis Luas)

Não dá para pensar em outra personagem quando se fala nessa categoria. Ridley (que, por sinal, ganhou uma série como protagonista recentemente) é divertida, sarcástica, intensa e completamente insana, o que só a torna ainda mais interessante. A prima de Lena realmente merece levar a estatueta pra casa!



Hassan (O Teorema Katherine)

O melhor amigo de Colin Singleton, Hassan, não poderia deixar de entrar nesta lista. O personagem criado por John Green é o responsável pela maior parte da diversão do livro O Teorema Katehrine. Engraçado, ele leva a vida de um jeito leve e divertido, que encanta e acaba nos embrenhando junto na mesma onda.





Perry Palomino (Dark House - Experimente o Terror)

Perry foi, sem sombra de dúvidas, a minha personagem favorita durante este ano. Criativa, inteligente e de personalidade única, ela é marcante e inesquecível, foi a protagonista com a qual mais me identifiquei entre todos os livros que li, e provavelmente não vou esquecê-la por um bom tempo.



"A" (Todo Dia - David Levithan)

"A" é um personagem misterioso e ao mesmo tempo transparente, que nos faz refletir sobre os nossos próprios conceitos. Cheio de personalidade e sábio como ninguém, "A" nos ensina a aceitar a vida como ela é e quebrar tabus. Um protagonista marcante, com certeza!



Diários do Vampiro (L. J. Smith)

Não só porque vampiros são meus seres sobrenaturais preferidos, mas também porque a série é cheia suspense e surpresas, um enredo realmente envolvente. Não é à toa que foi transformado numa série televisiva, de grande sucesso em todo o mundo.



Delírio (Lauren Oliver)

Além de combinar muito com a história nas páginas do livro, o título é um dos mais criativos e abertos a possibilidades que eu já conheci. Portante, não poderia escolher outro.

A tag acaba por aqui, pessoal, e eu espero realmente que vocês tenham gostado. Me despeço desejando um ótimo Ano Novo para todo mundo. Aproveitem para deixar de lado todas as coisas ruins desse ano, e renovar o espírito para as conquistas e alegrias que virão. Até a próxima postagem!

Beijos 

2 comentários:

  1. Que coisa mais perfeita essa tag!! Simplesmente amei! As tuas respostas também estão perfeitas! Eu amo tipo muito a Stacey e o David. Eles são tãããão incríveis! Eu não consigo assistir nem ler "Diário de um Vampiro" só por culpa da Helena da série televisiva. Passo muuuuita raiva com essa mulher! Embora ame de todo o coração o levado do Damon! E vou responder essa tag também! Amei super!! Feliz ano novo flor!
    Bjokas.... entreumlivroe-outro.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anya, querida, tu não imagina o quanto eu sofri pra escolher apenas uma resposta a cada pergunta hahaha eu adoro a Satcey e o David, são dois autores incríveis, não consegui me decidir só por um. Eu amo a Nina <3 e sou muito mais Stelena u.u hahaha Beijos, meu bem, um 2015 iluminado pra ti!

      Excluir