Por que, cientificamente, os leitores são as melhores pessoas para se apaixonar?

Hey, pessoas!

Eu vi essa matéria em uma dessas minhas andanças pela Internet, e decidi que tinha de compartilhar com vocês, porque definitivamente, é uma maravilha. Então, se vocês, assim como eu, ficaram curiosos com o título, fiquem tranquilos, a matéria segue adiante, não completa, porém com o link da matéria para que vocês possam contemplá-la na íntegra. Antes, porém, gostaria de deixar aqui posto que a fonte da pesquisa é o Elite Daily, e a tradução foi feita pelo pessoal do blog Leitores Possessivos, e eu (com a ajuda do Google, claro) acrescentei outras partes que me pareceram interessantes. Créditos devidamente postos, vamos ao que interessa!


LAUREN MARTIN • JUL 9, 2014 - 1:59PM.

Why Readers, Scientifically, Are The Best People To Fall In Love With

Já terminou um livro? Quero dizer, realmente terminou um? Capa a Capa. Você respira, do fundo dos seus pulmões e se senta lá. Livro nas duas mãos, a cabeça observando a capa, contracapa, e a parede em frente a você. Você é grato, pensativo. Você se sente como um pedaço de você se perdeu ou ganhou. Você acabou de experimentar algo íntimo, profundo. (Talvez, erótico?). Você só tinha uma metamorfose intensa e transitória. 

Como se apaixonar por um estranho que você nunca vai ver de novo, a sua dor com o anseio e a tristeza de um caso que terminou, mas, ao mesmo tempo, sentir-se satisfeito. Completo com a experiência, a conexão, a riqueza que vem depois de digerir uma outra alma. Você se sente alimentado, mesmo que apenas por pouco tempo.

Esse tipo de leitura, segundo a revista Time Annie Murphy, é chamado de "leitura profunda", uma prática que está prestes a ser extinta, já que as pessoas estão lendo menos.

Não é nenhuma surpresa que os leitores são pessoas melhores. Tendo experimentado a vida de outra pessoa alguém através de olhos abstratos, que aprenderam o que é para deixar seus corpos e ver o mundo através de outros quadros de referência. 

Eles têm acesso a centenas de almas, e à sabedoria recolhida de todas elas. Eles têm visto coisas que você nunca vai entender e experimentaram mortes de pessoas que você nunca saberá. 

Eles aprenderam o que é ser uma mulher e um homem. Eles sabem o que é ver alguém sofrer. Eles são sábios além de seus anos.

Se você ainda está à procura de alguém para completar você, para preencher o vazio do seu coração isoladamente-curado, olhe para a raça que está morrendo. Você vai encontrá-los em lojas de café, parques e metrôs. Você vai vê-los com mochilas, sacos de ombro e malas. Eles serão curiosos e com alma, e você vai saber nos primeiros minutos de falar com eles.

Eles não vão falar com você... vão conversar com você.

Eles vão escrever cartas e poemas para você. Eles são prolixos, descritivos; mas não de um modo desagradável. Não apenas respondem uma pergunta e dão declarações sobre ela, mas contra-atacam com teorias e pensamentos profundos. Eles vão te encantar 
com seus conhecimentos de palavras e ideias.

De acordo com o estudo, "O Que a Leitura Faz Para a Mente" por Anne E. Cunningham da Universidade da California, Berkeley, ler proporciona uma aula de vocabulário que crianças nunca obteriam frequentando a escola. Segundo Cunningham, "A quantidade do crescimento do vocabulário durante a vida de uma criança ocorre mais indiretamente através da exibição da linguagem do que pelo ensino direto".

Faça um favor a si mesmo e namore alguém que realmente saiba como usar a língua.

Eles não vão querer você... Eles entenderão você. 

Você só deve se apaixonar por alguém que possa ver sua alma. Deve ser alguém que tenha atingido dentro de você, aquelas partes mais íntimas que ninguém poderia ter encontrado antes. Deve ser uma pessoa que não apenas conhece você, mas que te entende totalmente.

De acordo com o psicólogo David Comer Kidd, na New School for Social Research, "O que grandes escritores fazem é levar você para dentro da história, a partir da sua escrita. Na ficção literária, a incompletude dos personagens transforma sua mente para tentar entender a mente dos outros".

Isso é provado uma e outra vez, mais pessoas tomam a leitura. Sua habilidade de se conectar com personagens que eles não encontraram fazem eles entenderem as pessoas ao redor muito mais fácil. Eles têm a capacidade de empatia. Eles podem nem sempre concordar com você, mas eles vão tentar ver as coisas do seu ponto de vista.

Eles não são apenas inteligentes... São sábios.

Ser excessivamente inteligente é desagradável, mas ser sábio é um ponto positivo. Há algo irresistível em alguém de quem você pode aprender. A necessidade de uma conversa espirituosa e divertida é mais indispensável do que você pode acreditar, e se apaixonar por um leitor vai melhorar não só a conversa, mas o nível da mesma.

De acordo com Cunningham, leitores são mais inteligentes devido ao maior vocabulário e habilidades de memória, além da capacidade de detectar padrões. Eles possuem funções cognitivas superiores à média dos não-leitores, e podem se comunicar de maneira eficaz e completa.

Encontrar alguém que lê é como namorar milhares de almas. É ganhar a experiência que eles ganharam de tudo que já leram e a sabedoria que vem com essas experiências. É como namorar um professor, um romântico e um explorador.

Se você namorar alguém que lê, então você, também, viverá milhares de vidas diferentes.

***

Tradução: Ayanna Carla e Italo Henrique.

O texto completo vocês podem conferir aqui.

E agora me digam, tem como não se apaixonar pela leitura? Acho que a resposta é não.

Beijos 

2 comentários:

  1. Nós leitores divamos . rsrs uma pessoa que ama leitura geralmente tem um jeitinho fofo .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Divamos demais, por favor hahahaha sem contar que a gente tem assunto pra todas as horas, e isso é um ponto pro nosso lado da força kaka :D

      Excluir