[PRIMEIRAS IMPRESSÕES] A Mais Pura Verdade - Dan Gemeinhart

Hey, pessoas!

Ontem o Correio passou por aqui, e me trouxe algo que eu nem esperava. Recentemente, me inscrevi para a parceria com a editora Novo Conceito, mas infelizmente não passei na seleção. Mesmo assim, a editora foi tão atenciosa e cuidadosa (obrigada, Novo Conceito) que acabou mandando para minha casa o exemplar de divulgação do próximo lançamento: A Mais Pura Verdade, de Dan Gemeinhart. No post de hoje, vim contar as minhas primeiras impressões sobre esse título comovente. Vem comigo!


Mark é um garoto normal, como qualquer outro, exceto por um detalhe: ele tem câncer. Toda sua vida ele conviveu com a doença, com as crises que vinham e iam, com os diagnósticos imprecisos de vários médicos, e com uma única certeza: seu tempo estava acabando. Mas Mark tinha um grande sonho. Herdara de seu avô a paixão pela escalada e pelas montanhas, e seu maior desejo era chegar até o topo do monte Rainier. Em um belo dia, Mark decidiu deixar para trás seus pais, sua melhor amiga Jessie e todas as limitações que lhe foram impostas, para correr atrás daquilo que ele mais gostaria de realizar. Junto a seu fiel amigo e cachorro Beau, ele embarcou na maior viagem da sua vida, com destino ao monte Rainier, mas, acima de tudo, com destino à esperança e à uma segunda chance de fazer as coisas certas.

O exemplar de divulgação enviado pela editora contém as primeiras noventa e cinco páginas da história de Mark. Logo no início da narração, temos a partida de Mark em busca do seu sonho, e, a partir dali, os capítulos passam a ser intercalados entre o que Mark vivencia em sua viagem e o que seus pais e a melhor amiga passam para trazê-lo novamente para casa.

É impossível não se emocionar logo de cara com o protagonista. Sempre tive um sentimento mais forte quando a trama envolve crianças, e desta vez não foi diferente. Ainda mais com uma criança como Mark. O menino tem uma personalidade diferenciada e um caráter de dar inveja. Justo e piedoso, sempre pensa nos outros acima de suas necessidade, o que fica comprovado em vários episódios. Mesmo nessas noventa e cinco páginas, já dá pra notar que seus pais o educaram maravilhosamente bem. Com uma proteção exagerada, como já era de se esperar pela sua condição, mas muito bem. Mark é um garoto respeitoso e muito maduro, percebe-se isso com as reflexões que ele faz no decorrer da narrativa, sobre os mais variados assuntos. Gostaria de deixar aqui os meus parabéns ao autor, por ter criado um personagem tão fácil de amar.

Uma das coisas que eu mais gostei nessa parte da trama foi a amizade entre Mark e Beau, seu cachorro. Como sou apaixonada por animais, sempre presto muita atenção quando algum bichinho aparece na história, e devo dizer que Beau me impressionou por sua lealdade, segurança, coragem e amizade para com Mark, características únicas e indispensáveis numa pessoa que queremos ao nosso lado. Existe também a Jessie, que é a melhor amiga de Mark desde a infância. A garota é esperta e dedicada, e nutre um carinho profundo por seu amigo. As diferenças entre as duas crianças só as tornam ainda mais ligadas, e eu achei isso realmente comovente e cativante.

Depois que terminei de ler as primeiras páginas, tive uma única certeza: o livro ainda nos reserva muitas surpresas emocionantes. Principalmente depois daquele final, devo dizer que aquilo foi maldade com os leitores rs

Com relação à escrita do autor, ela é simples e fácil de ser compreendida, mas, na minha opinião, é esse aspecto dela que torna o livro ainda mais próximo de nós, que nos faz identificar tão rapidamente com a história narrada. Acho que não poderia ser de outra forma, afinal, apesar da maturidade, Mark ainda é uma criança, e sua linguagem deve condizer com essa etapa da sua vida.

A Novo Conceito fez um trabalho maravilhoso na diagramação: além de eu não ter encontrado nenhum erro de revisão, a tradução está impecável e as ilustrações acompanham o livro todo. Se essa for a versão a ser lançada, com certeza vocês irão se encantar assim como eu.

Espero ansiosamente pela continuação da narrativa, tenho certeza de que o mais comovente ainda está por vir, e não vejo a hora de me deliciar com o restante do livro. A leitura é rápida, fácil, fluida e completamente verdadeira, nos passa uma sensação muito gostosa de realidade. Eu amei conhecer Mark, compartilhar de seus sonhos e temores e viajar com ele nessa aventura. 

Obrigada mais uma vez à editora, por toda a atenção e carinho. Agora é esperar março, que vai vir com o lançamento do livro, e se deixar emocionar com essa trama imperdível!

2 comentários:

  1. Olá Patrini,
    Recebi esse exemplar de divulgação da NC também e estou lendo-o atualmente e adorando também! É emocionante mesmo.

    Beijos,
    Miss Sorrisos Blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Manu,
      Eu não esperava receber esse presente, confesso, mas achei super digno por parte da editora rs
      Adorei a história e já me apeguei demais aos personagens, principalmente ao Beau, aguardo ansiosamente o exemplar completo!
      Beijos!

      Excluir